Artigos | 24 julho 2015

A utilização de memes na internet

Os memes, na internet, são ideias propagadas de pessoas para pessoas dentro do espaço online. Estes podem ser encontrados na forma de hashtags, links, vídeos, imagens, áudios ou até mesmo no formato de uma frase.

por

Os memes, na internet, são ideias propagadas de pessoas para pessoas dentro do espaço online. Estes podem ser encontrados na forma de hashtags, links, vídeos, imagens, áudios ou até mesmo no formato de uma frase.

O alcance de um meme é incalculável, devido a sua grande capacidade de propagação e suas variações de divulgação, pois estes podem chegar a serem conhecidos mundialmente, continuarem estáveis ou evoluirem progressivamente, por meio de paródias, divulgações nos veículos de comunicação, imitações ou comentários.

Os memes são compartilhados voluntariamente e podem ser recriados e reutilizados por qualquer pessoa. Não existe uma fórmula para a popularização de um meme na internet. É basicamente uma soma de fatores, como: a utilização do meme no momento certo, na hora apropriada e para o público correto. Estes devem ter um diferencial que chame a atenção do público e acabem por resultar no seu compartilhamento dentro da rede.

Os memes, na internet, podem surgir tanto dentro do próprio mundo online, quanto serem uma apropriação de uma notícia, um bordão ou uma piada veiculada na mídia offline. Há uma infinidade de memes circulando na internet, alguns conhecidos a nível global e outros específicos de apenas uma localidade. Os seus formatos são variados, mas em sua grande maioria tratam-se de imagens somadas a textos, como por exemplo, uma caricatura, uma fotografia ou uma foto que foi transformada em um desenho, como a imagem “Not Bad” adaptada de uma foto do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

memenotbad

No meme, “Forever Alone”, usado para expressar solidão e desapontamento com a vida, é possível verificar esta aplicação em diversos contextos. Este é utilizado em tirinhas cômicas, em advice animals e etc, no qual são aplicadas frases que brincam com a ideia de solidão.

memeforeveralone

Alguns memes tiveram sua origem na rede social, 4chan. Criada no dia primeiro de outubro de 2003, pelo então adolescente, Christopher Poole. A rede é conhecida, na verdade, por ser antissocial, pois permite que os internautas interajam sem que seja necessária uma identificação prévia. Também não há qualquer forma de restrição quanto ao conteúdo. A rede é um imageboard, um fórum de discussão que se baseia na postagem de imagens ou textos, geralmente de forma anônima.

No seu início, a rede social tinha em seus sub-fóruns o foco na postagem de imagens e conversações sobre mangás e animes. O tempo passou e o 4chan ganhou novas funcionalidades, passou a ser: berço dos virais, reduto de hackers, local para postagem de conteúdos ilegais, vandalismos e maquinação de trotes. Por fim, se tornou um dos sites mais influentes da internet.

É válido frisar que o 4chan também é conhecido como uma fábrica de memes, pois nos seus fóruns de compartilhamentos de imagens diversos foram originados. Virais como Pedobear, Chocolate rain e rage faces, tal como: Trollface e Ffuuu tiveram origem neste canal. É possível visualizar estes memes no site: Know Your Meme, que funciona como um banco de dados de diversos memes ao redor do mundo.

O primeiro registro, de fato, da palavra meme no contexto online ocorreu em 1998, com a criação do site: “Memepool”, pelo internauta Joshua Schachter, que reunia os links mais viralizados.

No Brasil, os memes só ganharam popularização em 2011, devido ao surgimento de fan pages de humor, blogs com tirinhas de rage faces e a tradução de sites cômicos, como o americano: 9GAG, no país. A popularização também se deu por conta dos brasileiros passarem a usar mais a internet, já que para gostar de um meme é preciso entendê-lo, e isto somente é possível se uma pessoa tiver um maior tempo de navegação.

Os memes utilizam uma linguagem universal, o acabamento um tanto quanto “tosco” dos memes serve para proporcionar a universalização, qualquer um que possui acesso à internet pode criar um meme ou remontá-lo. Os memes, por sua vez, não se encontram restritos apenas ao mundo virtual, seu alcance é cada vez maior, o que permite que muitos caiam na graça das mídias tradicionais.

No Brasil, a televisão influencia bastante a internet, por conta disto alguns memes que são disseminados no online tiveram origem na mídia tradicional, como: “Aham Cláudia, senta lá” e “É uma cilada, Bino”, que vieram do mundo da TV.

 

No Brasil, alguns canais também geraram memes, como: o fórum brasileiro, Vale Tudo do Uol Jogos, que é responsável pela criação dos memes: “Dorgas” e “Tenso”. As comunidades do Orkut também geraram memes, o meme: “Fica vai ter bolo” teve origem no Orkut, por exemplo.

tensomeme

Fica claro também que apesar da existência de canais onde memes são mais propícios a serem criados e disseminados, não se podem excluir outros meios presentes, como a própria mídia tradicional que acaba por pautar o conteúdo online, levando a origem de alguns memes, como: “Menos a Luiza, que está no Canadá” que surgiu em um comercial. Assim como também não se pode desconsiderar outras redes sociais, já que foi no Facebook, por exemplo, que o vídeo “Oração” da Banda Mais Bonita da Cidade ganhou popularização e novas conotações.

A origem dos memes é tão incerta quanto o fator que leva a sua propagação, que podem ser intensificados por twitteiros influentes, blogs com grande renome como: “Não intendo” ou “Não Salvo” e sites como: Reddit, que colocam em evidência assuntos que estão “bombando” na internet, contudo, é certo que a inclusão digital possui um grande peso neste cenário, pois desenvolve uma cultura própria da internet e favorece o surgimento dos memes.

A criação de memes no Brasil ainda é baixa quando comparada a outros países, porém há um forte trabalho de ressignificação de memes produzido no exterior, como é o caso do meme: “Whatch Out”, que ganhou uma versão brasileira denominada: “Ui”. Não é possível, contudo, afirmar que os memes brasileiros possuem uma característica especial que os diferencia dos restantes criados ao redor do mundo.

Entender os memes, nos ajuda a conhecer um pouco mais da internet. Você tem algum meme favorito? Compartilhe nos comentários.

Compartilhe

Share this:

Posts relacionados

Memes x Virais x Menes

porBarbara Vilas

Artigos

Memes x Virais x Menes

A ciência dos Memes

porBarbara Vilas

Artigos

A ciência dos Memes

Sobre o Autor

Barbara Vilas

Publicitária, fã de mídias sociais, apaixonada pela família e por alguns ídolos do R&B. Hoje, trabalho com monitoramento e interação em redes sociais, amanhã, só Deus sabe. Aquela que trará boas notícias de marketing digital e questões num ponto de vista diferente sobre o design e a comunicação.

Ver Todos os Posts

Fique por dentro de todo conteúdo do DesignFera!