Artigos | 21 novembro 2014

Uma volta pelo marketing digital

No marketing digital há inúmeras possibilidades inovadoras de se trabalhar.

por

uma-volta-pelo-marketing-digital-designfera-barbara-vilas

Bom, eu tenho que confessar: tenho aquele fraco pelo marketing digital. No marketing digital há inúmeras possibilidades inovadoras de se trabalhar, afinal ainda não existem diversos conceitos registrados ou um monte de livros teóricos sobre isso, ou seja, definitivamente os bits são o limite.

Deixa eu explicar um pouco o que é: o marketing digital trata-se dos conceitos de marketing aplicados e adaptados para o meio online. No ambiente digital há uma grande variedade de tecnologias e plataformas para ações de marketing, por isso, um bom planejamento se torna fundamental para evitar o desperdício de recursos.

O planejamento de marketing digital deve levar em consideração dois pontos: a internet e os consumidores. Na internet, os consumidores não são apenas expectadores, eles participam do discurso da marca, interagem com ela e opinam livremente sobre produtos, serviços e ações promocionais, diferentemente do que ocorre na mídia tradicional. A inconsistência da internet é um fator de extrema relevância, pois devido à quantidade e a velocidade da circulação de informações, tudo fica antigo em pouco tempo. Uma notícia lida em um portal pode se tornar ultrapassada em segundos, por isso no marketing online é preciso estar sempre antenado as novidades para não perder o timing.

É importante frisar que o marketing digital não trata apenas da criação de websites, envolve a utilização de diversas ferramentas, desde plataformas de redes sociais aos anúncios no Google Adwords.  Outro ponto é que não se deve trabalhar apenas com o marketing digital, é preciso utilizá-lo integrado às mídias tradicionais, já que o consumidor também se encontra em contato com o mundo físico. O marketing digital é utilizado para potencializar o alcance do marketing, criando um ambiente de transmídia, onde um conteúdo é transmitido de forma diferenciada por diversas mídias, no qual uma complementa a outra. Esta prática exemplifica e enaltece a cultura de convergência, termo criado pelo pesquisador de mídia norte-americano, Henry Jenkins.

Existe na internet uma infinidade de ferramentas e tecnologias para serem aplicadas no marketing digital, como sites de busca (Yahoo, Google, Bing), sites de relacionamento (Facebook, LinkedIn, Google Plus), sites de compartilhamento de vídeos e fotos (Instagram, Vimeo, Youtube), blogs e e-mails, entre outros mais. Contudo, classificá-las por grupos, como realizado acima, se torna um ponto delicado, já que algumas ferramentas possuem diferentes funções, de acordo com a maneira que são utilizadas. Por exemplo, o Twitter foi criado com a finalidade de ser um blog pequeno para os usuários informarem em poucas linhas sobre fatos cotidianos, porém atualmente é utilizado de diversas formas, como meio publicitário, jornalístico, entre outros.

No marketing digital o consumidor deve ser colocado como centro da estratégia, onde seus comportamentos e hábitos de consumo devem ser analisados e aplicados no desenvolvimento da ação de marketing. O foco na forma do consumidor agir acarreta em sete estratégias de marketing digital: marketing de conteúdo, marketing nas mídias sociais, marketing viral, e-mail marketing, publicidade online, pesquisa online e monitoramento dos resultados. O marketing digital é a união destas sete ações estratégicas, cada uma agindo de forma interdependente e coordenada.

O marketing digital dificilmente terá todas as suas possibilidades mapeadas, uma vez que ocorre no ambiente online, onde as tecnologias e as informações circulam com forte velocidade. O importante é não deixar de implementar esse recurso dentro de uma ação publicitária, afinal quem consegue imaginar um mundo hoje sem internet? Aliás, quantas pessoas atualmente não acessam a internet? Bom é difícil contabilizar, certo? Isso demonstra que uma empresa fora da internet, é uma empresa sem atuar em uma grande parcela de mercado. A viagem pelo marketing digital é bem mais longa do que essa, mas o convite está aberto, nós ainda vamos navegar muito por meio das plataformas digitais publicitárias. Até a próxima.

Compartilhe

Share this:

Posts relacionados

Sobre o Autor

Barbara Vilas

Publicitária, fã de mídias sociais, apaixonada pela família e por alguns ídolos do R&B. Hoje, trabalho com monitoramento e interação em redes sociais, amanhã, só Deus sabe. Aquela que trará boas notícias de marketing digital e questões num ponto de vista diferente sobre o design e a comunicação.

Ver Todos os Posts

Fique por dentro de todo conteúdo do DesignFera!