Artigos | 07 Março 2015

Métricas nas Mídias Sociais

É fundamental medir e avaliar a percepção da marca dentro da rede. É importante destacar que o engajamento não é mensurado, apenas pelos números.

por

 

É fundamental medir e avaliar a percepção da marca dentro da rede. É importante destacar que o engajamento não é mensurado, apenas pelos números, inclui também a avaliação da interação do público-alvo com a marca.

No artigo apresentado pelo site Web Expo, Marcelo Coutinho (2012), diretor de marketing inteligente do Terra América Latina & EUA, informou que não considera o correto usar as mesmas métricas da mídia tradicional para trabalhar com as mídias sociais. Segundo o diretor de marketing, apenas a utilização da audiência não fornece um resultado eficaz, métricas de interação são tão importantes quanto ou até mais dentro do meio online. O diretor de marketing também esclareceu algumas regras para medir a interação dos usuários, para ele existem dois tipos de indivíduos: os concentrados, que possuem uma extensa rede de amigos, ou seja, emitem uma opinião que ganha uma grande repercussão e os conectores, usuários em contato frequente com outras redes e que carregam informações.medirmidiassociais

Guiando-se por este caminho, com foco tanto nas características da interação quanto na audiência, de acordo com Coutinho, há algumas regras básicas de métricas na rede, são estas: conexões (número de relacionamentos que um indivíduo possui);centralidade de conexão (independente do número de conexões, uma pessoa possui o papel fundamental de ligar elementos, que caso ela não existisse não seriam conectados); proximidade (a distância entre as conexões, quanto menor esta distância, melhor); ofator de eigenvector (a valorização da conexão com um usuário que tem um número maior de conexões) e o coeficiente de clusterização (calcula o número de conexões de uma pessoa, o cálculo é realizado com a divisão do número de conexões efetivas pelo número de conexões possíveis). É crucial que audiência e engajamento trabalhem juntos, já que audiência fornece uma análise quantitativa, enquanto o engajamento dá a qualitativa, analisando não apenas os números, mas o que o indivíduo interage, compartilha e comenta na mídia.

Medir o retorno do engajamento é uma obrigação, não é um luxo que uma marca pode se dar de realizar de vez em quando. Só é possível saber que um modo de falar está dando certo, se for realizado uma análise sobre isto. Somente as métricas dirão se a comunicação com o público-alvo dentro de uma mídia está gerando engajamento ou não. Só por meio desta medição poderá ser verificado eficientemente novas opções de se comunicar com o público para assim gerar sua participação com o conteúdo.

David Berkowitz (2011), diretor sênior de Emerging Media & Innovation, na agência 360i, realizou uma lista com as 100 maneiras de se medir mídias sociais, vale destacar algumas métricas: volume do burburinho feito pelos consumidores para uma marca, baseado no número de postagens; sazonalidade do burburinho; mudança no burburinho ao longo do tempo; número de interações, sentimento por volume das postagens; sentimento por volume das impressões e porcentagem de tráfego gerado por mídias ganhas.

Por fim, existem três metas que indicam se uma empresa está se saindo bem: o aumento da receita, a satisfação dos clientes e a redução de custos, caso nenhum destes três itens sejam atingidos certamente há uma falha no marketing realizado pela empresa na internet.

Compartilhe

Share this:

Posts relacionados

Analista de Mídias Sociais x Marcas

porBarbara Vilas

Artigos

Analista de Mídias Sociais x Marcas

Sobre o Autor

Barbara Vilas

Publicitária, fã de mídias sociais, apaixonada pela família e por alguns ídolos do R&B. Hoje, trabalho com monitoramento e interação em redes sociais, amanhã, só Deus sabe. Aquela que trará boas notícias de marketing digital e questões num ponto de vista diferente sobre o design e a comunicação.

Ver Todos os Posts

Fique por dentro de todo conteúdo do DesignFera!