Artigos | 16 novembro 2016

A vida em nichos

Falar mais em nicho e menos em massa. Entenda!

por

Eu me lembro de um tempo atrás haver uma rede social toda focada em nichos, eu juro que não me recordo do nome, mas por algum motivo ela não emplacou.

Isso se encaixa muito com o que torna um vídeo viral – nós podemos definir diversos fatores que ajudam a impulsionar, mas a verdade é que o momento certo é o que dita tudo. A ocasião é o que define.

Pense nos tempos atuais – nunca a palavra cluster (termo utilizado para segmentação de um grupo de anúncio – muito utilizado no Facebook) fez tanto sentido. A mídia programática ganha uma força absurda. Menos massa e mais público em nicho.

Facebook - os clusters criados a partir do que você gosta.

Facebook – os clusters criados a partir do que você gosta.

Marcas não querem usar os influenciadores apenas porque eles causam buzz, mas por conta do público que movimentam. Pensem só…se eu tenho uma loja de jogos de videogames, faz muito sentido pra mim colocar um youtuber de gamer pra anunciar a minha marca. É menos todo mundo e mais público potencial.

Divulgar uma marca é falar do seu negócio, então pense: qual o objetivo do seu negócio? Por favor, não responda que é lucrar…quanto mais você conhecer do seu negócio, mais vai saber que pessoas que fazem sentido você alcançar. Quais nichos, você deseja atingir?

Então pense mais em nicho e menos em massa. Pense em alcançar as pessoas certas e menos em todo mundo. Aumentar as probabilidades de compra não consiste em alcançar todos e sim nos consumidores potenciais. 🙂

Compartilhe

Share this:

Sobre o Autor

Barbara Vilas

Publicitária, fã de mídias sociais, apaixonada pela família e por alguns ídolos do R&B. Hoje, trabalho com monitoramento e interação em redes sociais, amanhã, só Deus sabe. Aquela que trará boas notícias de marketing digital e questões num ponto de vista diferente sobre o design e a comunicação.

Ver Todos os Posts

Fique por dentro de todo conteúdo do DesignFera!